O Objetivo deste Blog é divulgar artigos e documentos interessantes para a história de Lages e para a história e genealogia das famílias dos seus primitivos povoadores.

[As publicações deste Blog podem ser utilizadas pelo(a) interessado(a), desde que citada a fonte: KOTCHERGENKO, Tânia Arruda. Nome da postagem in blog Lages Hístórica, Disponível em http://lageshistorica.blogspot.com.br]

3 de agosto de 2019


Livro de Registro de Inventários e Órfãos N.1
Forum Nereu Ramos, Lages/SC.

Compilado por Tânia Arruda Kotchergenko.
Atualizado em 03/08/2019

Ano
Inventariado

1871

Bento Lourenço
Clara Ribeiro Borges
Emilia Maria de Oliveira
Floriano Ribeiro de Cordova
Generoso Pereira dos Anjos
Henrique Ferreira Ramos
José Custodio de Mélo
João Francisco Gomes
Luiz José de Oliveira
Lucinda Varella de Jesus (j, a Sezefredo Ant.o Barbosa Silva 1876.
Manoel Francisco de Souza
Manoel da Silva Motta
Maria Florentina Garcia
Valerio Ozorio de Santa Clara
Felisbina Rodrigues da Maya

1872

Francisca Ana Ribeiro
Joaquim José Corrêa
José da Costa Varela
Modesto Ferreira de Araujo
Vicente José de Oliveira

1873

Ana Mendes Ouriques
Camilo de Lelis Nogueira (justificação) (Padre)
Gertrudes Maria de Avila (j, a Manoel Fra,co Souza - 1871).
José Marcelino Alves de Sá
Joaquina Maria do Espirito Santo  (Curadoria)
Jesuino da Silva Junior
João Balthazar de Oliveira
Lourenço Antunes Lima
Maria Gertrudes de Moura
Matheus José de Souza e s/m, Rita Maria Miranda
Manoel da Costa Varella
Maria Gertrudes de Jesus

1874

Antonio Luiz de Oliveira
Boaventura Camilo Borges
Demetildes de Amaral e Souza
Gertrudes Alves de Araujo  (Curadoria)
Felicidade Dias Baptista
Francisco Moreira
Joaquina Rosa de Aguiar
João Ricardo da Silva
Joaquim da Costa Varella (ap.ço an, de bens)
José Lins de Cordova
Margarida Scheidt
Manoel Duarte Machado
Tereza Maria de Sardenha


1875

Anna Maria do Amaral
Candido Luiz Duarte
Francisco Vasco do Amarante
Ignacio Padilha Ribeiro
José Gonçalves Padilha
José Joaquim Velho
Maria da Conceição
Maria de Jesus
Marcelino Roberto Pires
Umbelina Maria Rodrigues

1876


Antonio dos Santos  (arrec. de bens)
Ana da Costa Varella
Brandina da Cruz Antão
Floriana Candida de Souza
Fermino Roiz Leite ( justificação)
Ignacio Coelho de Avila
Joaquina Maria do Espírito Santo
Maria Gertrudes Borges
Marcelina Olinta da Silva
Maria de Souza Teixeira
Martins Laus Junior ( arrec. de bens)
Prudencia Maria da Costa
Pedro Antunes de Lima e Silva
Sezefredo Antonio Barbosa da Silva
Clemente José Pereira
Dr. Ruben Cleary (petição)


1877

Antonio Roiz  Lima (arrec. de bens)
Antonio Henriques de Cordova
Antonio Saturnino de Souza e Lima
Caetana Lopes da Silva
Dorval do Amaral (accção de liberdade d/escravo)
Carolina Dionisia dos Prazeres
Fernando Pinto de Vasconcellos  (arrec, de bens)
Gabriela de Oliveira Rosa
João Ferreira Machado
José Soares de Anhaia
Maria Cesaria de Cordova
Maria Barbosa do Amaral (Curadoria)
Maria do Amaral (autor-acção de liberdade)
Tiburcio Subtil de Oliveira
Manoel do Amara Grugel

1878

Ana Maria do Espirito Santo
Antonio Alves de Liz
Antonia Ferreira de Sousa
Ana Maria de Jesus
Arminda Ribeiro de Jesus
Balbina Nunes Martins
Bento Correia de Mello
Bibiana Subtil de Oliveira
Felipe Barbosa da Silva
Generosa da Silva França
Honoria Soares do Amaral
João de Castro Nunes (petição)
Joaquim Prudencio Oliveira e Mariano Cardoso Monteiro
João da Silva Motta
Joaquina de Liz e Abreu
José Pereira de Jesus
José Amaral Leite
Leocadia de Oliveira Ramos
Maria Thomazia de Jesus
Maria Francisca da Conceição
Manoel Bernando da Silva
Serafim Pereira Gomes
Umbelina Maria Pereira

1879

Angelica Soares
Antonia Pereira de Jesus e Costa e Oliverio José da Costa
Ana Maria dos Prazeres
Ana Joaquina Varela
Belisaria Leite de Mendonça
Balbina Alves Guimarães
Carolina Maria de Oliveira
Francisca Lins de Moura
Francisco Antonio Vitor
Joaquim Antunes de Oliveira
Jesuino Antonio de Morais
João Baptista de Oliveira
João Antonio de Oliveira
Joaquim Simões
Maria Antonia da Conceição
Maria Borges de Lima
Maria Caetana de Jesus
Maria do Carmo (desistencia)
Priscilio de Souza Coelho
Roberto Sanford
Verginia Maria Borges

1880

Antonio Francisco de Figueiredo
Ana Maria de Andrade
Antonio Pereira dos Santos
Bernardino Antonio da Silva e Sá
Balduino José de Oliveira
Chrispim  Silveira Goulart
Caetano Ferraz de Godoy
Emiliana Rodirgues de Andrade
Francisco Machado de Souza
Felismina Leonidia de Bastos Colonia
Galdino José Rodrigues
Gertrudes Maria do Sacraento
José Francisco de Souza
João Eufrazio de Oliveira (Curadoria)
Joaquim Tavares do Amaral
Jacob Leopoldo dos Santos e s,m. Escolastica Maria de Jesus
Maria  Leite de Oliveira


20 de fevereiro de 2018

Índios, Soldados Lavradores nas Campanhas do Sul

Parte 3

Atualizado em 25/05/2018

Achegas para a Genealogia e História Familiar


Apresentamos nesta parte a postagem dos resultados de pesquisas genealógicas, biográficas e de história familiar referente aos  indígenas oriundo da Vila de São José da Paraíba que estiveram alocados na Vila de Nossa Senhora dos Prazeres de Lages como soldados lavradores a serviço de Sua Majestade o Rei de Portugal no período de 1777 a 1779 conforme postado na primeira parte deste título.


1 - Capitão Mor Luiz Dias índio nasceu estimado em 1742 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. Luiz casou com Ignácia Ribeiro india  nascida estimado em 1752 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. Ela faleceu em 27/09/1779 em Itapeva da Faxina, São Paulo, Brasil e foi sepultada na Matriz de Itapeva da Faxina, São Paulo, Brasil. Luiz e  Ignácia tiveram ao menos os filhos:

                                 1.1 Antonio Dias indio  nasceu estimado em 1762 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. Esteve com os pais na vila de Lages, SC entre 1777 a 1779.

                                 1.2 Estanislau indio  nasceu estimado em 1774 na Vila de São José, São Paulo, Brasil.  Esteve com os pais na vila de Lages, SC entre 1777 a 1779.

             Luiz Dias constou relacionado como lavrador de fumo na Vila de São José.
   Foi nomeado Capitão-mor dos Índios da Vila de São José em 16/03/1780.


DAESP, Maços de População de Lages 1777 - Índios
Luis Dias 35 anos (I3-1) cc Ignácia Ribeira 25 anos (I7-1) Filhos - Antonio 15 anos (I2-2) -Estanislau 3 anos (I1-2).

DAESP, Maços de População de Lages 1778 - Índios,
Luiz Dias 36 anos (I3-1)bcc Ignácia Ribeiro 26 anos (7-1)b Filhos: - Estanislau 4 anos (1-7)- Antonio  Dias - Indio-  16 anos (I3-7)
        
Documentos Interessantes Para a História e Costumes De São Paulo V. 84, p.179.

"Nomeyo p.a Cap.m mor dos Indios da V.a nova de S. Joze ao Indio Luiz Dias, atendendo a ser proposto pela Camera e Povo da mesma, com o qual Posto de potará, Como espero, com m.to prudencia e zello evitando todas as desodens, prejuduciaes ao Socego, em q´Sempre os deve conservar e o Cap.m Mor, q´acabou dê contas ao referido Luiz Dias de tudo, o q´pertencer ao aum.to da Sobre d.a Villa. S. Paulo a 16 de Maço de 1780//Com a rubrica de S. Ex.a.//."


Batismos Freguesia Nossa Senhora dos Prazeres das Lages
L1 fls 28v
05/10/1777
Miguel  inocente  filho legitimo de João Cordeiro e de sua mulher Maria de Lima.
Padrinhos: Antonio da Costa cazado com Catherina Ribeira e Ignacia Ribeira cazada com Luis Diaz: Todos moradores e Freguezes desta Villa.
                                           O Vigr.Ignacio Alz.s Machado


Itapeva Sant'Ana Óbitos 1770, Out-1803, Mar fls 17
27/09/1779
Ignacia Ribeyra, mulher de Luiz Dias, indio da Aldeia de São José, vindo de passagem na recolhida que fez da Villa de Lages, 40 anos, com os sacramentos da Penitência e Extrema Unção. Sepultada na Igreja Nova desta Matriz, e por mim recomendada, " tudo pelo amor de Deus, attenta sua pobreza" .
O Vigário Bento Gonçalves Cordeiro.


2 - Clemente de Lima índio  nasceu estimado em 1747 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. Clemente casou com Apolinaria Dias índia. Apolinaria nasceu estimado em 1755 na Vila de São José, São Paulo, Brasil

DAESP, Maços de População de Lages 1778 - Índios
Clemente de Lima 31 anos (I3-2) cc Apolinaria Dias 23 anos (I7-2).

DAESP, Maços de População de Lages 1777 - Índios
Clemente de Lima 30 anos (I3-2) cc Apolinaria Dias 22 anos (I7-2).


3 - José Pinto índio nasceu estimado em 1742 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. José casou com Maria Fernandes índia. Maria nasceu  estimado em 1756 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. Eles tiveram ao menos os filhos:

                          3.1 Maria índia  nasceu estimado em 1772 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. Esteve com os pais na vila de Lages, SC entre 1777 a 1779.


                      3.2 Lourenço  índio  nasceu  estimado em 1778 in Lages, Santa Catarina, Brasil. Ele foi batizado em 23/08/1778 em Lages, Santa Catarina, Brasil.

DAESP, Maços de População de Lages 1777 - Índios
José Pinto 35 anos (I3-3) cc Maria Frz.s  23 anos (I7-3) Filhos: - Maria 5 anos (I5-2)

DAESP, Maços de População de Lages 1778 - Índios, I3- 3.
Jose  Pinto 36 anos (I3- 3) cc Maria Frz.s 24 anos (I7-3) Filhos: - Maria 4 anos (I5-4) - Lourenço bat. 1778 (I9-5)."

Batismos Freguesia Nossa Senhora dos Prazeres das Lages
L1 fls 35
23/08/1778
Lourenço  inocente  filho de Joze Pinto e sua mulher Maria Fernandes.
Padrinhos: Luis Baptista e Josefa de Lima mulher: "Todos índios que vieram as facturas das Roças de Sua Magestade”      

Batismos Freguezia Nossa Senhora dos Prazeres das Lages
L1 fls 37
02/03/1779
Joze   inocente  filho legitimo de Luis Baptista e sua mulher Josepha de Lima.
Padrinhos: Jozé Pinto (P.tto) e Maria Frz.s , "todos índios  freguezes desta Igreja".
P.e Ign.co Dias de Am.al G.el Vigr.o.



4- Bartolomeu de Souza índio nasceu estimado em 1749 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. Bartolomeu casou com Maria de Lima índia . Maria nasceu estimado em 1755 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. Eles tiveram ao menos os filhos:

                            4.1 -  Eva índia  nasceu estimado em 1774. Esteve com os pais na vila de Lages, SC entre 1777 a 1779.

                            4.2 - Maria índia  nasceu  estimado em 1778 in Lages, Santa Catarina, Brasil. Ela foi batizada em 16/11/1778 em Lages, Santa Catarina, Brasil.

Bartolomeu de Souza constou relacionado como lavrador de fumo na Vila de São José.

DAESP, Maços de População de Lages 1777 - Índios,
Bartolomeu de Souza 28 anos (I3-4) cc Maria de Lima (22 anos (I7-4) Filhos:  - Eva 3 anos (I5-5).

DAESP, Maços de População de Lages 1778 - Índios
Bartolomeu de Souza 29 anos (I3-4) cc Maria de Lima 23 anos (I7-4) Filhos:  - Eva 4 anos (I5-7). - Maria bat 1778 (I9-7).

Batismos Freguesia Nossa Senhora dos Prazeres das Lages
L1 fls 36
16/11/1778 Lages
Maria india  inocente  filha legítima de Bartolomeu de Souza e de sua mulher Maria de Lima.
Padrinhos: Jozé da Costa e sua mulher "Todos índios que vieram a factura das Roças de Sua Magestade"
O Vigr.Ignacio Alz.s Machado.

5- Anastácio de Lima índio  nasceu estimado em 1751 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. Anastácio casou com  Josefa Dias índia . Josefa nasceu estimado em 1758 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. Eles tiveram ao menos o filho:

5.1 Francisco índio nasceu estimado em 1778 em Lages, Santa Catarina, Brasil. Francisco foi batizado em 16/05/1778 em Lages, Santa Catarina, Brasil. 

DAESP, Maços de População de Lages 1777 - Indios,
Anastácio de Lima 26 anos (I3-5) cc Josefa Dias 19 anos (I7-5)

DAESP, Maços de População de Lages 1778 - Indios
Anastácio de Lima 27 anos (I3-5) cc Josefa Dias 20 anos (I7-5) Filho: - Francisco bat. 1778 (I9-2)

Batismos Freguesia Nossa Senhora dos Prazeres das Lages
L1 fls 34
16/05/1778 Lages
Francisco índio  inocente  filho legitimo de Anastácio de Lima e de sua mulher Josefa Dias.
Padrinhos: Paschoal de Lima e sua mulher Francisca de Lima: "Todos índios que viera a factura das Rocas de Sua magestade”                                       
O Vigr.Ignacio Alz.s Machado.


6 - José da Costa Lima indio nasceu estimado em 1747 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. José casou com Francisca da Costa índia. Francisca nasceu estimado em 1753 na Vila de São José, São Paulo,Brasil.  Eles tiveram ao menos o filho:


                       6.1 Rafael  indio  nasceu estimado em 1776 em Lages, Santa Catarina, Brasil. Ele foi batizado em 21/12/1777 em Lages, Santa Catarina, Brasil.

DAESP, Maços de População de Lages 1777 - Índios,
José da Costa Lima 30 anos (I3--6) cc Francisca da Costa (m.er de Jose da Costa Lima)  24 anos (I7-6). Filhos: - Rafael bat 1777 (I9-1).

DAESP, Maços de População de Lages 1778 - Índios
José da Costa Lima 35 anos (I3-6) cc Francisca da Costa 25 anos (I8-6),Filhos: - Rafael 2 anos (I1-1),

Batismos Freguesia Nossa Senhora dos Prazeres das Lages
L1 fls 30
21/12/1777  Lages
Rafael inocente  filho legitimo de Joze da Costa e de sua mulher Francisca da Costa.
Padrinhos:  Joze filho de Gabriel Dias Ferreyra e Thereza Maria de Jesus cazada com Lourenço Rodrigues da Roxa (sic).
Todos moradores e Freguezes desta Villa.  
O Vigr.Ignacio Alz.s Machado


7- José Francisco -índio  nasceu estimado em 1767 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. José casou com Anna da Silva índia. Anna nasceu estimado em 1767 na Vila de São José, São Paulo, Brasil. Eles tiveram ao menos o filho: 

 7.1 - João  índio  nasceu estimado em 1778 em Lages, Santa Catarina, Brasil. Ele foi batizado em 21/06/1778 em Lages, Santa Catarina, Brasil.

DAESP, Maços de População de Lages 1777 - Índios,
José Francisco 20 anos (I3-7) cc Anna da Silva 18 anos (I7-7).

DAESP, Maços de População de Lages 1778 - Índios
José Francisco 21 anos (I3-8) cc Anna da Silva 19 anos (I7-7). Filhos: -João bat. 1778 (I9-4).

Batismos Freguesia Nossa Senhora dos Prazeres das Lages
L1 fls 34v
21/06/1778  Lages
Joao índio  filho legitimo de Joze Francisco e de sua mulher Anna da Silva.
Padrinhos: Estevão de Moura e Maria Rorigues cazada. "Todos índios que vieram a factura das Rocas de Sua magestade”,
O Vigr.Ignacio Alz.s Machado.



(Continua)

19 de fevereiro de 2018

Índios, Soldados Lavradores nas Campanhas do Sul

Parte 2


Tabela do trânsito de tropas militares da Cidade de São Paulo ao Rio Grande em 1775 [1]

Trânsitos e Pousos
Distancia em Léguas [2]
Dias de caminhada
De São Paulo a ponte da Cotia
5
1
Da Cotia ao colégio
7
2
Do colégio a Sepetiba
5
3
De Sepetiba a lagoa
5
4
Da Lagoa a Lambaracy 
5
5
De lambaracy a passagem de Rio e Canoa ao porto de Itapetininga da parte de lá
5
6
Do dito Porto a pescaria
5
7
Da pescaria há duas passagens de rios em Canoa ao porto de Apiaí da parte de lá
5
8
Do dito posto ao Ribeirão fundo
4
9
Do dito Ribeirão a Rio que passar a Fazenda Nova
4
10
Da Dita Fazenda Nova ao Rio Verde
4
11
Do Rio Verde ao Morungaba
6,5
12
Do Morungaba a dois rios que passam um deles em Canoa athe   Guaíba
5
13
Da  Curitiba a cinza
5
14
Da Cinza a Piraí
5
15
De Piraí ao Iapó da Pati de ca
5
16
Do Iapó/ ha Rio de Canoa/ ao Curubehy
3,5
17
Do Curubehy A Encruzilhada do carrapato
5
18
Do carrapato a fazenda do Lago
4
19
Da fazenda do Lago a fazenda do Ferrador
5
20
Da fazenda do Ferrador ao registro de Curitiba
5
21
Do registro a Rio de Canoa ao Rio dos Patos
5
23
Dos Patos a Rio de Canoa ao Passa Quatro
5
23
Do Passa Quatro A Rio de Canoa ao Curralinho
5
24
Do Curralinho ao Pinheiro Seco
6
25
Do Pinheiro Seco a estiva
6
26
Da Estiva ao rodeio grande
6
27
Do Rodeio grande ao Passa Quatro
5
28
Do Passa Quatro ao derradeiro Campestre
6
29
Do derradeiro Campestre aos caldeirões
6
30
Dos caldeirões as correntes
5
31
Das correntes a Rio que passar as Marombas
6
36
Das Marombas  a Curitibanos
6
33
Dos Curitibanos a Rio que passar ao Rio dos cachorros da Pati de lá
4,5
34
Do Rio dos cachorros ao Rio Canoas
6
35
Do Rio das canoas passagem a Vila Nova das Lages última desta capitania de São Paulo
6
36
Da Dita última Vila desta capitania seguir as marchas pelos povos que achar estabelecidos ou como melhor se puder arrumar avançando as maiores distâncias que puder vencer



Quadro adaptado de Documentos Interessantes para a História de São Paulo  Volume  LXXXIV folha 54.



[1] DISP
[2] Légua terrestre antiga = cada légua equivale a  6,660  km.